segunda-feira, janeiro 21

Destaque

O Regicídio é um álbum de capa dura ilustrado, uma obra comemorativa da efeméride do Centenário do assassínio do rei D. Carlos I e do príncipe D. Luís Filipe.
Em «Memória do Atentado», Maria Alice Samara descreve o cenário, as personagens, os acontecimentos e as consequências do atentado, recorrendo ao testemunho dos principais escritores, políticos e jornais da época. Figuras como Aquilino Ribeiro ou Raul Brandão, jornais como O Mundo ou o Diário Ilustrado, vão fornecendo os elementos para percebermos as várias perspectivas, os diferentes pontos de vista partilhados pelas facções políticas em jogo, as teorias, as suspeitas, as tendências.
Em «O Atentado Iconográfico», Rui Tavares acompanha a cobertura jornalística do regicídio feita pela Ilustração Portuguesa. Trata-se de um guia das representações iconográficas do atentado que revela a forma como os acontecimentos foram recebidos e comunicados em Portugal e por todo o resto do mundo, e que nos dá a conhecer os modos de fazer reportagem jornalística no começo do século XX. O traço dominante: a sagacidade e subtileza de humor que não deixam de nos surpreender.

Nenhum comentário: