terça-feira, janeiro 29

Viva a Revolução Francesa

"Livreiro, s. m. Negociante de livros.
-ENCICL: Foi em 1275 que apareceu a primeira ordenança a organizar o comércio da livraria. Às Universidades competia a superintendência que se estendia à fixação do preço, assim como à forma e ao fundo das obras postas à venda. Depois, apartir de 1723, o comércio da livraria dependeu absolutamente das autoridades policiais. A Revolução Francesa proclamou a liberdade para as livrarias. Hoje gozam ainda dessa liberdade, embora em certas ocasiões anormais e em alguns países, tal liberdade seja restringida."

in Lello Universal - Dicionário Enciclopédico Luso-Brasileiro, vol.2, Lello & Irmão, Porto 1973, pág.83.

Débora Figueiredo.

Nenhum comentário: