quarta-feira, março 26

árvores livrescas

Afinal, livrarias onde crescem árvores. Chama-se Lloyd's of Kew Bookshop, fica em terras londrinas, e lá dentro estica os seus ramos uma irresistível "árvore de livros", recheada com algumas preciosidades. Confesso que não me importava de ver uma árvore destas nascer aqui na Pó dos Livros, cheia de antigos livros da Arcádia, da Moraes, da Minerva, da Portugália e de muitas outras edições que não gostava de ver desaparecer.

Outros livros que passeiam: pelas paredes, em comboios, com molduras, e pelo tempo com um ar "vintage/anita".


Débora Figueiredo

Nenhum comentário: