segunda-feira, março 3

Guardião-mor dos livros

A propósito de termos sido invadidos por um bichinho chamado Lepidoptera Librorum (ver post com o mesmo nome), uma leitora encontrou uma solução:


“No Verão passado visitei a biblioteca do Palácio de Mafra. Bonita, com muitos livros, muito bem arrumados e que guardam tantas histórias, a dada altura a guia deliciou-nos com a história do guardião-mor dos livros - um morcego pequenino que vive por ali comendo os bichitos antes que eles cheguem aos livros. Quem sabe se não seria uma solução.”
---
(Cristina GS)

Um comentário:

Isabel Castanheira disse...

Uma achega sobre morcegos desinfestadores de livros:
Na biblioteca Joanina da Universidade de Coimbra também vivem morcegos. De dia não se veem, muito ocasionalmente ouve-se um "grito fino"...
De noite o espaço é deles, comem os insectos e os livros subsistem. Os vestígios da sua existência, são bem visíveis e cheiráveis...
Não sei é se eles estão dispostos a comer os bichos de alguns livros ... Os bichos são exigentes quanto à sua dieta alimentar.
Mas que eles existem, existem !