quinta-feira, maio 15

A reportagem possível na Feira do Livro de Lisboa 2008

 RP - Feira

Um comentário:

Faroleiro disse...

Bem, pelo menos em Figueiró dos Vinhos havia barraquinhas! Acho que ali num grande jardim para o lado do Marquês nem barracas há! Bem eles armaram foi uma grande barracada!
Lá se vai a feira do livro parar ao Cotileiro, por causa de uma praça!
Sabem o que eu lhe digo, meu homónimo, podem é ir armar a barraca para a feira de Carcavelos, para o Relógio ou ainda para afira da Ladra!
lol

E continuo sem saber bem a quem devo chamar nomes feios! se a Apel, a UEP, a LeYa ou a CML…mas também vejo que a Apel também se esta a armar um pouco em todo-poderoso!