sábado, junho 28

"No Verão, à noite,
nado no depósito picotado de estrelas.
Lavo a cara primeiro com uma mão,
depois com a outra,
depois com as duas juntas,
e isso dá-me uma enorme alegria."

Julio Cortázar
em "Discurso do urso", ilustrações de Emilio Urberuaga, edição da Kalandrada.
Débora Figueiredo.

Nenhum comentário: