segunda-feira, setembro 15

Público-alvo

O balcão de uma livraria é um local muito apreciado e concorrido para deixar folhetos de publicidade. Normalmente publicidade a produtos culturais, como lançamentos de livros, peças de teatro, cursos de escrita, cinema, arte, etc. Faz todo o sentido, o público de uma livraria em princípio é o mesmo. Por outro lado, achamos estranho que alguém se lembre de deixar numa livraria publicidade como a deste pequeno folheto, pensando encontrar aqui seu público-alvo, ou não?



Jaime Bulhosa

6 comentários:

fallorca disse...

Só falta a indicação «Estacionamento fácil»

Booktailors - Consultores Editoriais disse...

Jaime,

se serve de consolo, deixa-me dizer-te que aqui na Rua Nova do Almada só temos direito à dica do Lidl...

abraços
pf

Livraria disse...

Nem só de livros vive o homem...é na rua da antiga Clepsidra...e eu que nunca tirava a hora de almoço completa...

Anônimo disse...

À partida é, de facto, estranho. Mas provavelmtne acaba por chegar a um público inesperadamente vasto... além de estar no balcão da livraria está na blogosfera...

Teresa Coutinho disse...

Eh! Eh! É preciso muita lata!
Pensando bem, todos os sítios são bons para se fazer públicidade. Cabe ao dono do sitio, aceitar ou não.

Jorge Gomes disse...

Penso que não, alguns dos mais ávidos leitores que conheço, são também apreciadores de shows de strip. Se ainda não conhecem a Pó dos Livros, vou fazer o favor de lhes a recomendar. Sem brincadeira!