quinta-feira, outubro 23

Causas Da decadência Dos Povos Peninsulares




«Meus Senhores:A decadência dos povos da Península nos três últimos séculos é um dos factos mais incontestáveis, mais evidentes da nossa história: pode até dizer-se que essa decadência, seguindo-se quase sem transição a um período de força gloriosa e de rica originalidade, é o único grande facto evidente e incontestável que nessa história aparece aos olhos do historiador filósofo. Como peninsular, sinto profundamente ter de afirmar, numa assembleia de peninsulares, esta desalentadora evidência. Mas, se não reconhecermos e confessarmos francamente os nossos erros passados, como poderemos aspirar a uma emenda sincera e definitiva? O pecador humilha-se diante do seu Deus, num sentido acto de contrição, e só assim é perdoado. Façamos nós também, diante do espírito de verdade, o acto de contrição pelos nossos pecados históricos, porque só assim nos poderemos emendar e regenerar.»
Antero de Quental

Edições tinta-da-china
tema: Clássicos Ensaio
prefácio: Eduardo Lourenço
1.ª edição: Outubro de 2008
n.º de páginas: 120
formato: 13.5x20 cm
isbn: 9789728955700
pvp: 14.40€

Nenhum comentário: