segunda-feira, outubro 20

Passatempo





Propomos para este passatempo que nos digam quem foi o livreiro que escreveu o texto em causa? Avançamos uma dica: é hoje considerado um dos mais importantes escritores do século XX.


"Quando trabalhei num alfarrabista – lugar facilmente idealizável, quando não se trabalha lá, como uma espécie de paraíso onde cavalheiros encantadores procuram incansavelmente volumes encadernados a pele – aquilo que mais me surpreendeu foi a escassez de pessoas verdadeiramente livrescas. A livraria tinha um catálogo excepcionalmente interessante, mas duvido de que sequer dez por cento dos nossos clientes fosse capaz de distinguir um bom de um mau livro. Os snobes das primeiras edições abundavam mais dos que os amantes da literatura.Muitas das pessoas que apareciam eram daquele género que seria um transtorno em qualquer outro sítio, mas que têm magníficas oportunidades numa livraria. Por exemplo, a amorosa velhinha que deseja «um livro para uma inválida» ou a outra amorosa velhinha que leu um livro óptimo em 1897 e pergunta se será possível arranjar-lhe um exemplar. Infelizmente, não se lembra do título do livro nem do nome do autor nem propriamente da história, mas lembra-se, isso sim, que a capa era vermelha. Para além destas, há duas outras pragas bem conhecidas que assombram todos os alfarrabistas. Uma é a pessoa decadente que cheira a côdea de pão velho e que aparece diariamente, com frequência várias vezes ao dia, tentando vender livros inúteis. A outra é a pessoa que encomenda grandes quantidades de livros e não tem qualquer intenção de algum dia vir a pagá-los. Chega e solicita um qualquer livro raro e caro, obriga-nos a prometer vezes sem conta que lho guardaremos, e depois desaparece para não mais voltar. "




Nota: O texto foi traduzido e adaptado gentilmente por Madalena Alfaia. Segundo julgamos saber nunca tinha sido traduzido para português.

Nota1: Temos 5 livros “Breve História Da Guerra Civil de Espanha” Helen Graham, Edições Tinta da China para oferecer às primeiras 5 respostas correctas. Basta para isso que nos envie um e-mail (podoslivros@gmail.com) com a seguinte informação: Nome, Morada e nome do escritor. Logo que receba um e-mail da Pó dos Livros com a confirmação do prémio, poderá levantá-lo na livraria.

(Caso viva fora da grande Lisboa poderá pedir o envio do mesmo por correio)








Nenhum comentário: