quinta-feira, outubro 30

Sem noção...


Esta pequena estória passou-se há uns anos na Bulhosa Livreiros de Entrecampos com um colega meu:

- Por favor, necessitava da sua ajuda.

- Com certeza, é para isso que aqui estamos.

- Vou ser franco consigo, eu tenho uma nova namorada e ela gosta muito de ler. Veja lá, só os da Margarida leu-os todos, no fundo é uma intelectual. Antes de a levar lá a casa gostaria de adquirir alguns livros para iniciar uma pequena biblioteca. Sabe, para a impressionar!

- Tem ideia do critério que deseja para formar essa biblioteca?

- Sim, pelo início! Queria livros de autores começados pela letra A.

Jaime Bulhosa

5 comentários:

Sara Rodrigues Pereira disse...

Mal posso acreditar... mas acho esta história bem plausível. Há gente para tudo.

Será que ao se referia ao nome dos autores, referia-se ao nome principal ou o apelido?

Pó dos Livros disse...

Não fazemos ideia.

Teresa Coutinho disse...

Realmente só contado, de contrário era difícil acreditar. Sabemos de tanta gente que compra livros para encher as prateleiras, seria um caso desses?

Hélder Beja disse...

Que história! Roça o inacreditável. Se bem que certo dia um meu familiar também usurpou livros da minha primeira casa, a parental, para a sua nova morada. Tinham a lombada vermelha e... davam com a decoração. Estamos bonitos estamos.

L. disse...

sim. eu acredito. e acho que o drama é mesmo esse - é plausível.