quarta-feira, novembro 26

Pesadelo nocturno


Juro que não estava preocupado com a crise financeira mundial, com as bolsas a cair, nem com os bancos a abrir falência ou a ser nacionalizados. Nem com as livrarias a fechar, nem com a crise no sector automóvel. No entanto, tudo mudou, desde que o Pai Natal visitou a Pó dos livros. Não posso garantir que era ele, porque a única vez que estive perto dele foi quando me vi ao espelho, disfarçado, para impressionar o meu filho mais novo. Mas era tal qual, gordinho, com barbas e cabelos brancos compridos. O que me inquietou foi o pedido que ele me fez, encomendando um livro cujo título era: “Os Efeitos da Falência”.


Jaime Bulhosa

Nenhum comentário: