sexta-feira, janeiro 23

Só para gente trabalhadora


---
A Pó dos livros adverte: Nos livros de Gonçalo M. Tavares, não há "palavras indolentes".
---
Isabel Nogueira

2 comentários:

Anônimo disse...

Bem, desde que nos livros dele se escreva "preguiça" e não "perguiça", está tudo OK...

Pó dos Livros disse...

Ups! Agradeço a revisão de texto.

Isabel Nogueira