segunda-feira, fevereiro 23

Os melhores vendedores do mundo

Este é muito bom. Eu adorei. É interessantíssimo, vais gostar de certeza, não o consegues largar. Estás a ver, li-o numa semana, um livro deste tamanho... e não estava de férias! Ficava a ler à noite, até às tantas, não conseguia parar. O ... até dizia que eu parecia viciada. E estava, aliás, os bons livros, para mim, são completamente viciantes. E depois, está tão bem escrito! Ainda não conheces este autor? É catalão...Escreve tão bem...Eu já tinha lido o anterior , depois li este... Agora é um dos meus autores. Do outro também gostei imenso mas este é ainda melhor. São completamente diferentes, este é sobre a Guerra Civil de Espanha, o primeiro passa-se no final do séc. XVIII...
--
Pois é, os melhores vendedores de livros do mundo são os seus leit... Ah!... Pois...Vocês já estão todos fartos de saber isso.
---

---

---
Isabel Nogueira

Um comentário:

Margarida Pereira disse...

Indubitável. Mas tantas vezes insuficiente.
Quando foi publicado pela primeira vez o livro que originou a 'mais cara produção da televisão nacional' o deslumbre das gentes foi enorme. Os comentários como este, semelhantes. Mas, até hoje, e tendo-o já adquirido (numa 'promoção') e até obtido o autógrafo do autor (madrugada insone), ainda não o li.
E se gosto de ler!
Sucede. Outras prioridades, outros livros, outras escolhas.
Longa lista de coisas a fazer.
Demasiado longa.
Ou os dias encurtaram, os olhos cansaram-se, o coração mirrou.
Qualquer coisa há-de explicar porque parecem poucas as horas destinadas ao recolhimento que a leitura requer.
Outrora eram tardes inteiras. Noites longas. Fins-de-semana completos.
Depois, cresce-se...
... ou esquece-se.