quinta-feira, junho 4

O conhecimento é finito e limitado!


- Pai, o céu tem tecto?

Comecei o dia com esta pergunta do Vasco, daquelas perguntas que uma resposta simples, como um não, já não satisfaz, tendo em conta a curiosidade de uma criança de 6 anos. No entanto, nesta idade, as crianças ainda julgam que os pais têm sempre resposta para tudo.
Usei todo o meu conhecimento wikipédico e tentei explicar-lhe, de uma forma simples, que existem várias teorias sobre a concepção do universo físico, e identifiquei duas correntes: uma segundo a qual o universo é infinito, ilimitado no espaço e no tempo; outra segundo a qual ele é espacialmente finito mas não limitado, ou seja, é como se fosse uma esfera que se pode percorrer em todas as direcções sem que nunca se encontre um limite.

- Ok, pai, já percebi que não me vais saber responder porque é que acordo todos os dias com ramelas nos olhos.

Jaime Bulhosa

Nota: Uma sugestão de leitura bem disposta.

Um percurso na história do pensamento pelos ditos dos grandes filósofos. A filosofia é compatível com o humor? É possível aprender filosofia a rir? Neste livro, o leitor é convidado a uma viagem pela história da filosofia e pelas vidas dos filósofos, em que se deparará com o mau humor da mulher de Sócrates, os sonhos de Maquiavel, as opiniões de Kant sobre o casamento, as desapiedadas observações de Nietzsche, a dedução lógica de Russell (de que ele e o papa são a mesma pessoa) e a agressividade de Wittgenstein de atiçador na mão. Aristipo dispôs que na lápide do seu sepulcro se gravasse a seguinte inscrição: «Aqui repousa quem vos aguarda».

*
Edição: Planeta
Autor: Pedro González Calero
PVP: 14.94€
ISBN: 9789896570095
N.º de Páginas: 176

2 comentários:

{anita} disse...

gosto muito dos posts sobre o vasco!!!! :)

Berta disse...

Um texto muito interessante.
Gostei especialmente da curiosidade do Vasco em querer questionar o que está para além de um simples olhar.