terça-feira, julho 14

Exposição - José de Guimarães

(Para mais informações clique na imagem da lem)



África – Diálogo Mestiço: Colecção de Arte Tribal Africana
15 Jul a 30 Set 09
Todos os dias: 11h-19h

José Maria Fernando Marques nasceu em 1939, em Guimarães, cidade que lhe emprestou o nome artístico pelo qual hoje é conhecido. Frequentou a Academia Militar e licenciou-se em engenharia no Técnico. Em 1967 foi para Angola no cumprimento do serviço militar e por lá ficou sete anos. Será no continente africano que a sua arte se desenvolve e se define ficando indelevelmente contaminada pelos tons, formas e temas encontrados. É também por essa altura que descobre a arte africana e adquire as primeiras peças. A colecção de arte africana de José de Guimarães, apresentada sob o título África – Diálogo Mestiço, patente no Páteo da Galé, resulta da paixão e de um olhar atento em torno da compreensão das origens e dos modos de fazer arte. Subjacente a esta exposição, comissariada por Rui Mateus Pereira, está o encontro entre um dos mais internacionais e reconhecidos artistas plásticos portugueses e a arte intemporal que conheceu em África.

Um comentário:

Tiago Taron disse...

como é que se pode transmitir o sentimento do único? do que não pode ser perdido? As esculturas que estão naquelas salas do Terreiro do Paço são a melhor companhia diária deste Verão em Lisboa, a sério, como é que se reparte este sentimento?