quarta-feira, outubro 28

Invisível


Sinuosamente construído em quatro partes entrecruzadas, o décimo quinto romance de Paul Auster começa em Nova Iorque, na Primavera de 1967, quando o jovem aspirante a poeta Adam Walker conhece Rudolf e Margot, um enigmático casal francês. O perverso triângulo amoroso que rapidamente se forma, conduz a um chocante e inesperado acto de violência cujas consequências serão irreversíveis. Três narradores contam uma história que se desloca no tempo, de 1967 a 2007, e no espaço, à medida que viaja entre Nova Iorque, Paris e uma ilha remota nas Caraíbas. Invisível está imbuído de fúria, de sexualidade desenfreada e de uma busca implacável por justiça. É uma viagem através das fronteiras sombrias entre verdade e memória, criação e identidade. Uma obra inesquecível pela mão de um dos nomes cimeiros da literatura dos nossos dias.

Editor: Edições Asa
Tradução: José Vieira de Lima
n.º Pág. 236
ISBN: 9789892306476
Pvp: 13.00€

2 comentários:

tiomanuel disse...

Fiquei zangado com Auster após aquela "Tonteria" em Broklin. O seu post fez-me ultrapassar a zanga e ler o "Invisivel".
Já não estou zangado.
A fruição deste romance absorveu-me o fim-de-semana apenas interrompido para o Braga-Benfica e mesmo assim com peso na consciência.
Magnifico.
Obrigado pela sua sugestão.

Pó dos Livros disse...

Tiomanuel,

A Pó Fica contente. ;)