quarta-feira, outubro 28

O livreiro é um extraordinário leitor

O ritmo a que chegam títulos novos, nesta época do ano, a uma livraria, faz com que um livreiro seja um extraordinário leitor de facturas, fichas técnicas, isbn, sinopses e colófons.
-
Livreiro anónimo a sentir-se no fim do poço

3 comentários:

Margarida disse...

..tadinho! Nunca havia pensado nessa vertente...; 'assustam-me' as pilhas, as estantes, os aglomerados de volumes que quase sugam o ar, mas achava que os livreiros se 'divertiam' a fazer-nos usar...
Afinal, suam e sofrem talvez mais do que quem deambula pelo espaço que amam.
Mas aqui, amam todos.

tiomanuel disse...

Um "livreiro" não pode ignorar que os acrónimos em português não têm plural.
Assim, ISBN não se escreve, no plural, ISBNs e, muito menos, ISBN's que corresponde ao modo possessivo inglês.

Pó dos Livros disse...

tiomanuel,

obrigado