quinta-feira, outubro 29

Where the wild things are


O filme inspirado no livro estreia brevemente nas salas de cinema. Entretanto, o livro (a edição inglesa) repousa na montra da Pó dos livros sem muito descanso, porque várias vezes sai debaixo do braço de alguém. A razão é óbvia, vale mesmo a pena lê-lo, contá-lo e recontá-lo, não é por acaso que é um clássico da literatura infantil. A Carla Maia de Almeida fala dele aqui.
Apesar de a Quetzal ir editar o romance de Dave Eggars (co-autor do guião do filme) escrito a partir da história de Maurice Sendak, tenho muita pena que nenhuma editora portuguesa achasse interessante traduzir e editar o livro original de Maurice Sendak.

"Where the Wild Things Are", Maurice Sendak, Red Fox - pvp 10.75 euros.
Adenda - vai sair brevemente a edição portuguesa pela mão da Kalandraka.

Débora Figueiredo

5 comentários:

Pedro Sousa disse...

Neste post só falhou mesmo o "descanço" [sic]...

sal disse...

mas já há!!: http://prateleira-de-baixo.blogspot.com/2009/10/se-eu-vivesse-nos-eu.html
http://www.kalandraka.pt/index22.htm

sofia wahnon disse...

Veja aqui: http://www.kalandraka.pt/index22.htm

Vai ter uma boa surpresa (andavam atentos, afinal...)

Agnes Alencar disse...

Bem, existe já uma edição brasileira. Editada no Brasil pela cosac-naify. Talvez a informação interesse a alguém...

Carla Maia de Almeida disse...

Confirma-se: o livro chega às livrarias a 13 de Novembro, com tradução de Elisabete Ramos. E a verdade é que sempre houve editoras portuguesas interessadas, mas a negociação dos direitos não era fácil. A Kalandraka demorou seis anos...