quarta-feira, dezembro 9

Tom Waits Nocturnos



«Thomas Alan Waits nasceu a 7 de Dezembro de 1949, em Ponoma, pequena cidade na Califórnia do Sul. De ascendência escocesa, irlandesa e norueguesa, os pais, professores, eram admiradores de Gershwin, Cole Porter, Sinatra e Louis Armstrong e fervorosos leitores de boas histórias. Na adolescência ouvia os acordes de Bob Dylan na rádio e aprendeu a tocar piano e guitarra. Waits descobre e aventura-se pelas obras de Jack Kerouac, Gregory Corso, Allen Ginsberg e outros cronistas da Geração Beat, com os quais se identifica muito e que constituíram as suas referências literárias. Através de Herb Cohen entra no mundo da música e edita o seu primeiro álbum, Closing Time (1972), e o segundo, The Heart of Saturday Night, desde logo muito bem recebidos pela crítica, pelos seus originais jogos linguísticos, sons de swing e de jazz. As suas canções ilustram os sonhos dos marginalizados na cidade grande, ambientes urbanos decadentes de prostitutas, bêbedos e moças provincianas acabadas de chegar. Tudo isto se encaixa numa voz rouca de nicotina e álcool e um estilo musical que vai do jazz à polka, passando pelo folk. Trabalhou com Francis Ford Coppola no filme Do Fundo do Coração e, em 1980, casou com Kathleen Breenann. Foi também compositor de muitas bandas sonoras para filmes como A Última Caminhada ou O Fim da Violência. A voz rouca única, a atitude marginal singular, a poesia das letras do quotidiano e as composições inovadoras tornaram-no uma referência musical.


Nocturnos é título do livro de Tom Waits, magistralmente organizado por João Lisboa, que traduziu as letras e algumas das mais marcantes entrevistas deste brilhante nova-iorquino de voz rouca.»


Páginas: 104
Editor: Assírio & Alvim
ISBN: 9789723702354
Pvp: 10.00€

6 comentários:

fallorca disse...

Só temos 6 meses de diferença, com vantagem minha, fiufiu...

Fragmentos Culturais disse...

Tom Waits, Um dos meus favoritos na música jazz! 'Waltzing Matilda' um tema precioso! Eis o link
http://www.youtube.com/watch?v=XrkThaBWa5c
[live 1977]

Interessante publicação, mas nada que complemente a música e o músico! Jazz é mesmo para ouvir e sentir.

Jessica Red disse...

Ainda têm algum exemplar deste livro? Queria mesmo comprar mas em quase todo o lado é preciso encomendar e eu não queria esperar... Obrigada.

Pó dos Livros disse...

Jessica, só encomendado. Se estiver disponível, arranja-se num dia.

aguardamos resposta.

Jessica Red disse...

Sim, gostava de encomendar então. Como o devo fazer, para o vosso mail?

Pó dos Livros disse...

Jessica, o livro está guardado em seu nome. Passa por cá ou prefere o envio à cobrança?