terça-feira, fevereiro 9

Fisiologia do Gosto


Encarada por muitos como a bíblia dos epicuristas e gastrónomos, Fisiologia do Gosto, de Brillat-Savarin, é uma obra clássica, inusitada e repleta de “deliciosos” aforismos, que aplica contornos científicos ao acto de bem comer. Publicada originalmente em 1825, a dois meses da morte do seu autor.

Sobre o Autor:
Jean Anthelme Brillat-Savarin (1755 – 1826) foi um dos mais famosos epicuristas e gastrónomos franceses de todos os tempos. Nasceu na cidade de Belley, Ain, e dedicou-se nos primeiros anos da sua vida ao estudo do direito, química e medicina, em Dijon, tendo chegado a praticar advocacia na sua cidade natal. Em 1789, aquando do rebentar da Revolução Francesa, foi nomeado deputado da Assembleia Nacional Constituinte, onde adquiriu alguma fama, particularmente devido à sua defesa pública da pena capital. Adoptaria o apelido “Savarin” após a morte de uma tia sua, que lhe deixara toda a sua fortuna sob a condição que adoptasse o seu último nome.
Numa fase posterior da Revolução, a sua cabeça ficou a prémio, e Brillat-Savarin procurou asilo político na Suíça. Mais tarde, mudou-se para a Holanda, e depois para os Estados Unidos, onde permaneceu durante três anos, dando aulas de Francês e de violino.
Regressou a França em 1797 e obteve a magistratura, exercendo até ao fim da sua vida como juiz do Supremo Tribunal. Publicou várias obras de direito e economia, mas a sua obra mais conhecida foi mesmo “Fisiologia do Gosto” (Physiologie do Goût), lançada em Dezembro de 1825, dois meses antes da sua morte.
Considerado por muitos como “o pai da dieta baixa em hidrocarbonetos”, Brillat-Savarin é o autor de frases famosas como “Diz-me o que comes, dir-te-ei quem és” e “a descoberta de uma nova receita faz mais pela felicidade do género humano do que a descoberta de uma estrela”.
-
Edição: Relógio D'Água
Autor: Brillat-Savarin
N.Pág.: 221
Isbn: 9789896411497
Pvp: 15.00€

Um comentário:

Anônimo disse...

"dieta baixa em hidrocarbonetos"??
Não pretendo dar lições a ninguém, mas do que me lembro das aulas de Química Orgânica", hidrocarbonetos é a designação geral dos derivados do petróleo... já hidratos de carbono é a designação que se dá aos sacarídeos, esses sim banidos de muitas dietas da moda... estarei errada e o livro referir-se-á a alguma corrente na gastronomia francesa em que se consomem hidrocarbonetos??
CBorges