segunda-feira, março 1

O Homem Que Corrompeu Hadleyburg



Mark Twain, pseudónimo de Samuel Langhorne Clemens, (Florida, 30 de Novembro de 1835 – Reddin, 21 de Abril de 1910), foi escritor, humorista e romancista norte-americano. No seu auge, Mark Twain foi uma das celebridades mais conhecidas de sua época. William Faulkner disse que foi ele «o primeiro escritor verdadeiramente americano, e todos nós desde então somos seus herdeiros». Mark Twain não é só o autor da obra-prima As Aventuras de Huckleberry Finn, ou o criador de Tom Sawyer. Foi um grande contador de histórias, com grande sucesso público e da crítica, como hoje se diria. Entre as muitas histórias que publicou, conta-se esta, que está entre as melhores short-stories americanas, pela primeira vez saída a público em 1890 no livro The Man That Corrupted Hadleyburg and Other Stories and Essays. O tema é hoje tão actual como ontem. O da corrupção e o da tentação. Os homens não são "anjos" ou "santos", e o "diabo" está sempre à espreita. Esta é a história de uma cidade que se chama Hadleyburg, conhecida em toda a América por todos os seus habitantes serem "incorruptíveis". Até que um dia...

Edição: Assírio & Alvim
Autor: Mark Twain
Título: O Homem que Corrompeu Hadleyburg
Páginas:96
ISBN: 9789723708165
Pvp: 10.00 €

Um comentário:

disse...

Ainda hoje As Aventuras de Tom Sawyer são um dos meus livros favoritos. E aquele conto em que um esófago contempla o pôr-do-sol é extraordinário.