quarta-feira, abril 28

Horas de deleite


Dumas, Balzac, Goethe, Gorki, Tolstói, Dickens, Zola, Ibsen, Walter Scott, Dostóievski, Gógol e outros grandes nomes de escritores universais foram, nas suas obras-primas, revelados há mais de 100 anos, pela colecção Horas de Leitura da Guimarães Editores. Quem não leu O Conde de Monte Cristo, de Alexandre Dumas, Ivanhoe de Walter Scott, ou Os Cadernos de Pickwick de Charles Dickens e tantos, tantos outros. Autênticas horas de deleite, parece ter passado, provavelmente sob a cobertura destes grandes nomes da literatura, aparentando ser um fervoroso leitor e devorador de clássicos, o antigo proprietário deste livro, por nós comprado em segunda mão, com o título A Alegria de Viver, de Émile Zola e dificilmente mais apropriado. Livro que pelo seu óptimo estado, tendo em conta que se trata de uma edição de 1959, percebemos nunca ter sido lido. Para que queria então, este magnífico livro, o seu antigo proprietário? A resposta estava no seu interior. Nestas lindas fotografias, das clássicas literárias balzaquianas, que caíram ao chão assim que o abrimos. Enfim, as histórias que não há por trás de cada livro...

Jaime Bulhosa

Um comentário:

fallorca disse...

Como diria o «livreirito», às vezes dentro dos livros aparecem coisas giras, bucólicas...