quinta-feira, abril 15

Na língua dos deuses

Na livraria, em conversa sobre religião com um amigo:

- Tens os livros sagrados das três principais religiões monoteístas.
- Referes-te à Bíblia e ao Alcorão?
- Sim, conheces outros?
Diz o meu amigo num tom de escárnio.
- Podias estar a referir-te a outros livros, como por exemplo, os textos apócrifos?
- Vou ensinar-te uma coisa, esses textos não são sagrados, só os grandes textos, como a Bíblia, inspirados nas ideias de Deus e traduzidos para a linguagem dos homens, podem ser considerados sagrados.
- Sim, mas estás a esquecer-te que aquilo que para uns são textos canónicos, para outros são textos apócrifos.
- Sim, tens razão. Mas o judaísmo tem raiz no Velho Testamento, o cristianismo no Novo Testamento e o islamismo no Alcorão que são considerados pelas suas respectivas religiões textos sagrados.
- Tens certeza de que não têm todos a mesma origem?
- Como assim?... Se têm todos origem no Velho Testamento?
- Não! Não serão todos textos com origem em ideias dos homens, escritos em linguagem dos deuses?
-
Jaime Bulhosa


Ao longo de uma história com mais de 800 anos, a presença e a participação de deus na realidade quotidiana portuguesa sempre foi uma constante. Umas vezes seguindo directivas do catolicismo romano, outras vezes adoptando supersticiosidades com antecedências pagãs, Portugal sempre acreditou naquilo a que se convencionou chamar de «sobrenatural» ou «transcendente». Apresentando-se como filosofia que nega a existência do divino, o ateísmo quebra a unanimidade prevalecente e propõe como alternativa uma vivência sem deus. A presente obra analisa o percurso dessa tendência ateísta em Portugal, dando a conhecer personalidades, ideologias e movimentos que contribuíram activamente para erodir o «conceito de deus», apontando ainda os condicionalismos que conseguiram refrear - e manter numa quarentena de vários séculos - a natural apetência do ser humano para questionar e duvidar.

edição: Guerra & Paz
título: História do Ateísmo Em Portugal
autor: Luís F. Rodrigues
formato: 15x23cm
n.ºpág.: 380
isbn: 9789898174642
pvp: 22.00€

Um comentário:

josé luís disse...

na língua dos deuses...

http://fabulasincompletas.blogspot.com/2009/10/palavra-fabulosa-viii.html