segunda-feira, maio 10

Historieta sem nenhum interesse, só para falar de uns livrinhos irresistíveis que acabamos de receber de Espanha


Eu (sentando-me no banco de trás do taxi): Bom dia.
O taxista: Bom dia.
Eu: É para a Marquês de Tomar, se faz favor.
O taxista (arrancando): Parecia que ia chover, mas afinal está a limpar.
Eu: Não sei, ainda há umas nuvens negras.
O taxista: Domingo. Domingo é que dizem que vai chover.
Eu (a fechar a janela): Mas voltou o frio.
O taxista: Temos aí é a nuvem de fumo do vulcão.
Eu: Ah, sim?
O taxista: É, dizem que ao meio dia passa em Lisboa.
Eu: Ah, não sabia.
O Taxista: Mas passa muito alto, acima das outras nuvens, nem se deve dar por ela.
Eu: Ah, pois...
O taxista: Isto em tempos de crise parece que tudo acontece.
Eu: É verdade, é verdade...

De que se valerão os tontos para conversar naqueles países onde nunca chove e a temperatura é constante?
(Pitigrilli)
in Mil y Un Pensamientos- Mil Frases Escogidas de Cien Hombres Famosos, Editorial Maxtor, 2006 (edição facsimilada da edição de 1952, Ediciones Rvmbos)
---
---
---
---

---

Isabel Nogueira

Um comentário:

Pitucha disse...

Presumo que do mesmo modo onde chove quase sempre e quase sempre está frio: isto é que está um tempo, que friiiio já não se pode com a chuva, parece que fará sol lá para quarta, sim porque no fim-de-semana choverá de novo, que Primavera esta! se calha como no ano passado não teremos grande Verão...
;-)