segunda-feira, maio 31

Obras incompletas


Grandes obras da literatura foram deixadas incompletas com a visita repentina da velha ceifeira. Seja lá quem for que mande vir a morte, de uma coisa temos a certeza, é um péssimo critico literário:

Almas Mortas, Nikolai Gógol

The Mystery of Edwing Drood, Charles Dickens

Dom Juan, Lord Byron

Denis Duval, William Makepeace Thackray

Súplicas Atendidas, Truman Capote

Autobiografia, Benjamin Franklin

The Landleaguers, Anthony Trollope

Esposas e Filhas, Elizabeth Gaskell

O Último Magnata, F. Scott Fitzgerald

Sanditon, Jane Austen

Ilhas Na Corrente, Ernest Hemingway

8 comentários:

Anônimo disse...

+ confissões de felix krull, de thomas mann

Anônimo disse...

Impaciente é, de certeza.

Maria Helena

No vazio da onda disse...

+ "Bouvard e Pécuchet", Flaubert

António disse...

+ O Castelo, de Kafka.

Bruno disse...

O Homem sem Qualidade - Robert Musil

AM disse...

E para não falar n'"O Estranho Misterioso" do Mark Twain.

Mas a melhor de todas é, sem dúvida alguma, o que se seguiria aos "Irmãos Karamazov" do Dotoevsky.
Isto porque este era o primeiro volume de um épico chamado "A Vida de um Grande Pecador"! Se o PRIMEIRO VOLUME é considerado um dos melhores livros de sempre, imaginem só o que é que ele estaria a pensar...

Mendez disse...

Deve ser uma moda estrangeira... ou então ninguém dá exemplos destes na literatura nacional.

Fica aqui o meu contributo:

Engrenagem de Soeiro Pereira Gomes

MCS disse...

Parece que o livro ficou terminado, mas julgo que este excerto encaixa bem neste post, assim, permita-me que coloque aqui o link (sobre as "Memórias" de Chateaubriand):

http://novaziodaonda.wordpress.com/2010/06/06/chateaubriand-futuros-de-palavras/