sexta-feira, junho 18

Imbeciclopédia VIII


Acredito que existem pelo menos duas coisas que são infinitas, o universo e a estupidez humana, e em relação à primeira tenho algumas dúvidas.

Albert Einstein

As coisas que lemos:

De todos os seres vivos, deste planeta, o homem é o maior dos imbecis. No início dos anos 90, o cientista Tim Benton visitou um atol inabitado chamado Dulce Island, a mais remota das ilhas Pitcairn, 4970 milhas a leste da Austrália. Na praia, encontrou as seguintes 954 peças de entulho: 268 pedaços de plástico inidentificáveis; 171 garrafas de vidro; 74 tampas de garrafa; 71 garrafas de plástico; 67 bóias pequenas; 60 fragmentos de bóia; 46 bóias grandes; 44 pedaços de corda: 29 pedaços de tubo de plástico; 25 sapatos; 18 frascos; 14 grades; 8 lâminas de cobre; 7 latas de aerossol; 7 latas de bebidas e de produtos alimentares; 6 lâmpadas fluorescentes; 6 lâmpadas incandescentes; 4 latas de óleo; 3 isqueiros; 2 tampas de caneta; 2 cabeças de boneca; 2 luvas; 1 inalador para a asma; 1 capacete de protecção da construção civil; 1 bola de futebol (furada); 1 seringa de cola; 1 pneu de camião; 1 cabide de plástico; 1 palmilha de plástico; 1 peça de jogo; 1 lata pequena de gasolina; 1 coador de chá; 1 empada de carne enlatada; 1 soldadinho de brincar; 1 livro de banho baleia e meio avião de brincar.

Nenhum comentário: