sexta-feira, junho 4

Memórias de Adriano


Memórias de Adriano tem a forma de uma longa carta dirigida pelo velho imperador, já minado pela doença, ao jovem Marco Aurélio, que deve suceder-lhe no trono de Roma (século II d.C.). Pouco a pouco, através desta serena confissão ficamos a conhecer os episódios decisivos da vida deste homem notável. Vencedor do prémio Femina Varesco, este romance é seguramente um dos mais importantes de Marguerite Yourcenar e uma das obras de referência da literatura contemporânea.


Excerto
« (…) alma terna e flutuante, companheira do meu corpo, de que foste hóspede, vais descer àqueles lugares pálidos, duros e nus onde terás que renunciar aos jogos de outrora. Contemplemos juntos, um instante ainda, as praias familiares, os objectos que certamente nunca mais veremos… Procuremos entrar na morte de olhos abertos…»


edição: Ulisseia (grupo babel)
título: Memórias de Adriano
autor: Margueritte Yourcenar
tradução: Maria Lamas
formato: 16x23cm (encadernado)
isbn: 9789725686270
pvp: 24.00€

2 comentários:

Anônimo disse...

"Meu caro Marco", este livro tem uma daquelas primeiras frase inesqueciveis

Penélope disse...

"(...)Ai nunca mais brincarás..."