sexta-feira, julho 2

Homossexuais no Estado Novo


Esta é uma primeira tentativa de abordagem do que foi a realidade dos homossexuais em Portugal durante praticamente todo o século XX, ou seja, desde que a jovem Primeira República, enquadrada pela psiquiatria, coloca sob a alçada da lei os crimes contra a natureza até que estes o deixam de ser, em 1982. O que era ser homossexual em Portugal? O que é viver uma condição estigmatizada e estigmatizante, em que não há identidade, tão-só uma afectividade e uma sexualidade, quase sempre clandestinas?

edição: Sextante Editora

título: Homossexuais no Estado Novo

autor: São José almeida

formato: 15x23cm

n.º pág.: 231

isbn:97898976212

pvp: 16.50€

Um comentário:

Kássia Kiss disse...

É bom que se comecem a tratar destas temáticas. Ainda há gente (muita; demais) mal informada que diz: "Antigamente não havia nada disto." (!!!) Como se o não falar de algo evite a sua existência. Outra gente exprime o seu medo (porquê medo?): "Quanto mais se falar na homossexualidade, mais há!"
Ainda reflexos do Estado Novo...