terça-feira, julho 6

Nunca é tarde


- Boa tarde, pode ajudar-me?

- Por favor, diga.

- Estou à procura de livros infantis ou juvenis. Têm que ter uma escrita simples, sem palavras estrangeiras ou muito eruditas, mas com histórias que não sejam demasiado básicas.

- Com certeza, que idade é que tem a criança?

A cliente ergue a sobrancelha e sorrindo, com uma expressão de quem já sabe a reacção que vai provocar:

- Tem 83 anos.

Nota: A cliente teve amabilidade de esclarecer que procurava livros para oferecer à sua avó, de 83 anos. Senhora que com apenas a 3.ª classe de escolaridade, e não tendo tido oportunidade de ler, nem de praticar, na maior parte do tempo da sua vida, tinha recentemente adquirido o gosto pela leitura.

2 comentários:

Cat disse...

maravilhoso!

kassie disse...

Faz-me lembrar uma história que me contaram: uma senhora, aproximadamente da mesma idade desta, deu um maravilhoso presente à sua neta, quando ela finalizou o curso: aprender a escrever, para lhe poder dar um postal escrito e assinado por ela!