segunda-feira, agosto 9

Sobre as diferenças de género


- Eu queria uma história para uma criança?

- Para rapaz ou rapariga?

- Faz alguma diferença?

- Não propriamente, se bem que ultimamente tenho voltado a pensar que sim.

O Rapaz:

- Vasco. Gostas do novo vestido da mãe?

O Vasco sem prestar nenhuma atenção ao que a mãe dizia e depois de, provavelmente, ter recebido um-chega-para-lá do irmão mais velho, aproxima-se muito irritado, de lágrimas nos olhos e respiração ofegante.

- O Afonso vai pagá-las!

- O que é que aconteceu desta vez? pergunta a mãe sem muita paciência.

- Nada, nada… Ah, mas vai pagá-las... diz entre dentes.

- Pagar o quê?

O Vasco sabe que as queixinhas costumam provocar uma retaliação por parte do irmão. Lembrando-se disso a tempo, atabalhoadamente, enrola a resposta:

- Vai pagar… vai pagar… mil euros.

- Mil euros?

O Vasco rapidamente percebe que a resposta não faz sentido e por isso, decide assumir.

- Sim, mil euros de porrada!

- E mil euros de porrada são o quê!?...

Pergunta a mãe com ar de reprovação.

- Muita!

A Rapariga:

A mãe do Vasco volta a exibir, toda orgulhosa, o seu novo vestido liso, de um lindo azul, à sua sobrinha Madalena, de apenas três anos.

- Madalena. Gostas do novo vestido da tia?

A Madalena olha de baixo para cima, percorre todo o vestido, presta a máxima atenção a todos os pormenores e abanando a cabeça, em sinal de desagrado, diz:

- Tia, porque é que não vais vestir qualquer coisa com mais... flores?

Jaime Bulhosa

Um comentário:

fallorca disse...

Bem-vindo, pá! Abraço :)