terça-feira, agosto 24

Solilóquio

- Blá, blá, blá, blá…

Enquanto isso, eu pensava: de que pode um digníssimo indivíduo falar com mais prazer?

Resposta: de si próprio.

Portanto, falará dele.

- Blá, blá, blá, blá…

Livreiro anónimo ouvindo um solilóquio depois de ter pedido um conselho sobre si. (Ideia retirada de um pequeno excerto de Fiódor Dostoiévski, Cadernos do Subterrâneo, B.I.017

Nenhum comentário: