quarta-feira, setembro 1

Khadji-Murat

A Cavalo de Ferro lançou em Junho – esta edição já não é propriamente uma novidade, mas Tolstoi juntamente com Dostoiévski, Gogol, Gorki, Pushkin, Tchékhov, vale sempre a pena divulgar –, na Colecção Gente Independente, Khadji-Murat, obra póstuma de Lev Tolstoi, autor de títulos como Guerra e Paz, Anna Karenina ou A Morte de Ivan Ilitch.

Publicada postumamente em 1912, «Khadji-Murat» é a última obra de grande fôlego de Tolstoi. Uma história de luta e vingança. A história trágica e sublime do chefe guerreiro que decide abandonar os seus companheiros, que combatem obstinadamente contra a tirania do Czar e, para reivindicar a sua própria liberdade, se alia ao inimigo russo. Uma escolha sem retorno, que o fará ser refutado tanto por amigos como por inimigos. No seu estilo inconfundível, Tolstoi descreve os lugares e as paisagens do Cáucaso, um mundo inocente e violento, que conhecera na sua juventude – Tolstoi combateu na guerra que opôs populações locais ao Império Russo aquando da anexação da Tchetchénia e do Daguestão – realçando o simbolismo dos destinos individuais. Uma obra elogiada por gerações de leitores, que não perdeu a sua actualidade, fazendo ainda luz sobre a cruel história contemporânea.

edição: Cavalo de Ferro

autor: Lev Tosltoi

tradução: Olga Solovova

formato: 13x18,5cm

n.º pág.: 181

Isbn:9789896231262

Pvp: 10.00€

Um comentário:

José Cipriano Catarino disse...

Grande livro, apesar de pequeno, infelizmente demasiado actual, que me fez perceber que é vão o esforço da dominação russa da Tchechénia.