quarta-feira, setembro 15

O ogre

Destruir o pai. Parece impossível para Jean Calmet, professor de Latim em Lausanne, na Suíça. Depois de assistir à cremação do pai, os fantasmas e as humilhações do passado voltam para o tiranizar. Neste livro, que ganhou o Prémio Goncourt, Jacques Chessex desenrola o fio de uma vida devorada por um ogre estrondoso que roubou o prazer da vida aos filhos e lhes fez pagar a sua cobardia. Um pai nunca morre…

Jacques Chessex (1934-2009) é um romancista, ensaísta e poeta suíço considerado como um dos escritores contemporâneos mais importantes da língua francesa. Recebeu em 1973 o Prémio Goncourt pelo romance O ogre e, em 2004, o Prémio Goncourt de Poesia. Tem uma obra vasta e obteve também, em 2003, o grande Prémio da língua francesa pelo conjunto da sua obra.

edição: Sextante

título: O ogre

autor: Jacques Chessex

tradução: José Carlos Gonzalez

formato: 15x23,5cm

n.º pág.: 159

isbn: 9789896760243

pvp: 14.60€

Nenhum comentário: