sexta-feira, novembro 20

Saber enciclopédico


Uma pequena estória do tempo em que o acesso à informação não era tão fácil e rápido como hoje é através da Internet:

- Tem algum livro sobre a Vida?
O velho livreiro, prazenteiro, responde com a sabedoria que só as rugas do seu rosto permitem:
- Ó meu caro rapaz, todos os livros que temos são sobre a vida, mesmo os que são sobre a morte, ah, ah, ah. Lewis Grizzard, por exemplo, dizia que a vida é uma doença terminal sexualmente transmissível, ah, ah, ah. Truman Capote, dizia que a vida é uma peça de teatro, moderadamente boa mas com um péssimo terceiro acto e…
O livreiro é bruscamente interrompido, nas suas citações literárias, pelo cliente mal-humorado.
- Se é isso que tem a dizer sobre a Vida mais valia ter ficado calado.
O livreiro apercebendo-se que o cliente tem sempre razão, mesmo quando não tem, responde:
- Tem razão, sobre a Vida eu não sei nada. Faça-me só o favor de ser um pouco mais específico?
- O que eu quero, se for capaz de realizar o seu trabalho em condições, é apenas que me indique um livro, e não a sua opinião, que me dê uma definição concreta, corpórea, palpável, definitiva, sobre a Vida e nada de citações literárias, mais ou menos vagas, de poetas ou escritores. Não sei se percebeu… ou terei vindo ao sítio errado?
- Não, acertou em cheio, senhor. Deseja uma definição sobre a Vida, tipo enciclopédica?
O cliente, como se tivesse visto a luz, exclama:
- Isso, até que enfim!
- Bem, temos aqui na livraria a Enciclopédia Britânica, melhor não pode haver. Esteja à vontade, a casa é sua.
O cliente pega num dos pesados volumes da enciclopédia, agarra um monte de folhas, abre-o numa das páginas correspondente à letra L, percorre com o dedo indicador as várias entradas, até que encontra a palavra desejada, Life.
Life: «There is no generally accepted definition of life».
(Encyclopedia Britannica)

Jaime Bulhosa

Nenhum comentário: