quinta-feira, setembro 2

A verdade

Um aluno pergunta ao seu professor – a pergunta que mais tarde ou mais cedo todos fazemos –, o que é a verdade? O mestre mandou que trouxessem uma bacia de água e ordenou ao aluno que mergulhasse lá dentro a cabeça.

Feito isto, o professor segurou com toda a força que tinha a cabeça do aluno. Subiam bolhas de ar à superfície. Quando as bolhas começaram a rarear, o professor deixou de fazer força e o aluno, quase sufocado, pôde retirar a cabeça de dentro de água.

- Porque fizeste isto?

Pergunta o aluno fulo.

- Quando necessitares da verdade com a mesma força com que necessitas do ar, então saberás o que é a verdade.

Citado por Roland Barthes, em Fragmentos de um Discurso Amoroso, Edições 70.

Um comentário:

ana disse...

O tema é para mim muito interessante!
A verdade é uma procura constante.
Roland Barthes foi aqui muito prosaico mas, talvez seja a maneira mais prática de colocar o assunto.