sexta-feira, fevereiro 4

Filhas de Safo


Este é um livro em que, com o recurso a fontes do mais variado tipo, desde textos literários diversos a documentação produzida pelo tribunal da inquisição, passando pela legislação civil, se procura traçar o percurso histórico da homossexualidade feminina em Portugal.
A mesma acompanhou muito de perto a homossexualidade masculina em termos de condenação social: começaram por ser ambas vistas como pecado graves, depois como crimes, como tal puníveis com a morte. Finalmente passaram à categoria de doença. Mas as diferenças também desde cedo se manifestaram: o safismo era menos penalizado que a homossexualidade masculina. Tudo isto tem que ver não com uma maior tolerância face ao primeiro, mas antes com um desconhecimento de grande parte do que lhe dizia respeito.
Muito presente na esfera privada a homossexualidade feminina não terá deixado de lavrar em mosteiros, conventos, recolhimentos, lupanares, hospitais, colégios e prisões, mas igualmente de forma discreta em casas particulares, espalhando-se quer em meios urbanos quer rurais.

edição: Texto
título Filhas do Safo
autor: Paulo Drumond Braga
formato: 15,5x23cm (capa mole)
n.º pág.: 147
isbn: 9789724742922
pvp: 17.90€

2 comentários:

via disse...

têm o livro aí? hoje fui à bertrand e não sabiam de nada.

Pó dos Livros disse...

Via, o livro deve sair esta semana para o mercado livreiro.

Obrigado