quarta-feira, março 23

Uma conversa difícil entre pai e filho


Um Caranguejo Lógico disse a seu filho:

- Por que não andas tu a direito? Esse teu andar de lado é particularmente deselegante?

- E por que não andas tu também a direito? – retorquiu o filho.

- Jovem equivocado – replicou o Caranguejo Lógico –, estás a introduzir na questão dados novos e irrelevantes.

Um comentário:

Cristina Torrão disse...

Pois é. Recordo palavras do Prof. Eduardo Sá (psicólogo, com livros publicados): "Não se educa com bons conselhos, mas com bons exemplos."

Este diálogo curto parece inofensivo e, normalmente, arrancará apenas um sorriso a quem o lê. Mas, na minha opinião, demonstra duas coisas que se podem revelar muito graves, na educação de um filho: o desvalorizar da sua opinião; o manipular da sua opinião.