segunda-feira, maio 16

Animais domésticos






"Na altura em que comecei a viver

com a responsabilidade das

tarefas domésticas não tinha referências.

Estendia a roupa como se soubesse a cores,

Matisse nas molas, como pássaros.

Demorava muito tempo com as mãos dentro de água,

podia ser Bonnard a dar banho à loiça.

Limpava o peso do pó com uma expressão idêntica ao Kiefer.

Passava vagarosamente a ferro.

Aspirava a não ter estes trabalhos

embora pudesse pôr a mesa a trautear fados.

Eram tempos em que o céu era mais azul

e a minha profissão sincera

era a de doméstica plástica."*


*Os Animais Domésticos de Maria João Worm, Edições Quarto de Jade, Abril de 2011 - pvp 15.00 euros.

2 comentários:

Cláudia disse...

Não é que seria
mais sincera
apenas era,
como era.

Olavo Marques disse...

Seu blog é minha paixão! Visite meu blog e escreva um comentário também:

http://questoesdefutebol.blogspot.com/