quinta-feira, setembro 1

Capitalismo 4.0


No início de 2009, muitos economistas, financeiros e comentadores nos media estavam convictos de que a América deixaria de liderar o mundo capitalista que moldou a história e a economia dos últimos 100 anos. No entanto, o modelo económico norte-americano, longe de ser desacreditado pode ter saído afinal fortalecido da crise financeira.

Neste livro provocador, Anatole Kaletsky reinterpreta a crise financeira como parte de um processo evolutivo inerente à natureza do capitalismo democrático. O capitalismo, defende o autor, é elastic. A sua primeira forma, o Capitalismo 1.0, foi o clássico capitalismo laissez-faire que durou entre 1776 e 1930. De seguida surgiu o Capitalismo 2.0, o capitalismo social do New Deal keynesiano criado em 1930 e extinto na década de 70. A sua última mutação, o mercado fundamentalista de Reagan-Tatcher, culminou na globalização financeira da última década e desencadeou a recessão de 2009-10. A auto-destruição de Capitalismo 3.0 deixa a porta aberta à nova fase evolutiva do capitalismo. O Capitalismo deverá transformar-se nas próximas décadas em algo diferente quer do mercado fundamentalista completamente desregulado de Reagan e Tatcher quer da era Roosevelt-Kennedy. Este é o Capitalismo 4.0.

edição: Aletheia

autor: Anatole Kaletsky

tradução: Carlos Marques

n.º pág.: 466

isbn: 9789896223298

pvp: 18.00€

Nenhum comentário: