terça-feira, janeiro 10

missiva


Recebemos uma missiva vinda da Grécia, escrita à mão num postal, dentro de uma carta (dá para acreditar?):


Atenas, 30 de Dezembro 2011
Salve!
Já que tenho amigos que dizem que, sem mim, os correios não sobrevivem, que tenha o proveito!
Além disso, quantas missivas chegam, hoje em dia, que não sejam contas para pagar? Vivam, pois, os resistentes!
Os rumores da crise deram origem a um texto, pretexto para a missiva, já que menciona a Pó dos Livros, que assim mata dois coelhos com um só selo: nisto não sou original, mas tenho esta impressão que a espécie humana mais rapidamente se queixa do que honra. Ora, as coisas boas são para se dizer!

Bom ano! Longa vida!
RM  

Um comentário:

SEVE disse...

O Postal é lindo.

Afinal nem tudo está perdido, ainda há PESSOAS neste mundo, ainda há PESSOAS com sensibilidade, enfim, fico mais descansado porque afinal ainda há PESSOAS!