quarta-feira, janeiro 18

simples


Observa tudo à sua volta, com o máximo de atenção. Parece deslumbrada, maravilhada, com o ambiente da livraria, as estantes altas, negras, com milhares de livros todos direitinhos, classificados e arrumados por ordem alfabética. Depois inspira o cheiro dos livros e os seus olhos brilham. Foca o livreiro e suspira:

- Ah!... Como eu gostava de ter uma livraria!

O livreiro sente que tem à sua frente uma pessoa delicada, sabedora e que gosta de livros.  

- Porque razão pensa que ter uma livraria é bom? – Pergunta o livreiro à espera de abrir uma boa conversa sobre livros.

- Ora, Porquê!?... Porque não se tem nada para fazer nem saber alguma coisa de especial. Basta que lhe peçam um livro e você dá.

5 comentários:

Anônimo disse...

Também gostava muito de ter uma livraria (meu sonho há vários anos); Com um pequeno café, um ambiente de lazer, encontro de escritores e leitores, enfim, um local de disseminação de cultura. Ser livreiro é saber... É aconselhar aquele livro...É um cliente voltar porque gostou... É conhecer outros livreiros e frequentar outras livrarias... É recomendar outras livrarias...
Ser livreiro é puro prazer.

Quero morar numa livraria.

R.B. NorTør disse...

O que remete directamente para:

http://livrariapodoslivros.blogspot.com/2010/03/missao.html

Ângelo Marques disse...

o melhor sorriso do dia... muito bom mesmo.

Tamires Viana disse...

Claaaaaro!

Anônimo disse...

Assim como os clientes em uma biblioteca: "O que você faz o dia inteiro?? Lê???". Ah, se desse tempo....