quarta-feira, abril 18

Museu Pó dos Livros


Dentro do miolo dos livros antigos encontra-se todo o género de missivas, principalmente, postais de saudade e cartas de paixões exacerbadas. Nós vamos guardando para, quem sabe um dia, construir um museu Pó dos livros feito de memórias de gente anónima. 
Desta vez dentro de um exemplar da Guerra e Paz, de Lev Tolstói, encontrei, para além de um bilhete antigo de autocarro, um pedaço de guardanapo de papel com uma nota escrita que achei curiosa e que poderá ser até uma passagem do próprio livro:

Um dia perguntaram a Napoleão, com que idade achava ele que se devia começar a educar uma criança.
Resposta: vinte anos antes dela nascer.

Um comentário:

Bé Dias disse...

:) há dias, comprei 3 livro de Henry Miller, numa feira de velharias no Campo Pequeno, num deles vinha o programa de um cinema antigo, achei tão engraçado.