sábado, setembro 8

Basta!

 
Talvez influenciado pela música ambiente que passa na livraria, neste momento, o álbum Mudam-se os Tempos Mudam-se as Vontades, de José Mário Branco, decidi escrever um pequeno texto de teor político. O blogue de uma livraria não é o espaço indicado para intervenção política. Uma livraria, em princípio, não deve ter cor política, clubista, nem raça, nem credo, nem ideologia. No entanto, não resisto. Com as notícias de ontem dando-nos a boa nova de um corte de 7% sobre os ordenados, sinto-me indignado, ou melhor, vilipendiado, roubado, violentado. Como patrão deveria estar a dar pulos de alegria, com a redução da taxa social única e a pensar comprar já um Ferrari. Todavia, acontece que numa pequena empresa, como a Pó dos Livros e milhares de outras que não têm lucro, tanto os empregados como os patrões vivem do seu escasso ordenado. Se as quebras das vendas eram já de 40%, com estas políticas, o consumo cairá, pelo menos, mais 7%. Estou muito apreensivo quanto ao futuro das empresas, como a Pó dos Livros, que dificilmente sobreviverão a mais esta pancada. Não haverá mais oferta de emprego, como prometido. Haverá, isso sim, muitos (des)empregados e pequenos (ex)patrões na rua a clamar BASTA!

Jaime Bulhosa

7 comentários:

Noite disse...

Completamente de acordo!

marta morais disse...

dia 15 a Pó dos Livros fecha mais cedo?
;-)

A. Moura Pinto disse...

Bóra lá, carago. Há que correr com estes filhos de putin...

zuogmi disse...

tudo é política

uma livraria também

com ou sem cor

Anônimo disse...

Exactamente, o comércio depende do consumo... Por sua vez há uma quantidade de actividades que dependem do comércio.

Eu penso que economistas são estes que não percebem que estamos numa sociedade de consumo e esta para se manter as pessoas precisam de consumir.

Em relação aos livros devo confessar que ainda não os deixei de comprar, mas tenho cada vez mais atenção ao seu preço :S

SEVE disse...

Oh amigo Jaime os meus comentários não são publicados? terei sido incorrecto? ou será que não chegaram?
Um abraço

Pó dos Livros disse...

Seve,

Nós publicamos todos os comentários, se algum dos seus comentários não foram publicados foi porque não chegaram ou eventualmente porque os apagamos sem querer. Se foi o caso pedimos desculpa.

Obrigado