sexta-feira, novembro 9

Conversas de livraria



Entra um casal na livraria, o livreiro, talvez um pouco indiscreto, não pôde deixar de ouvir a conversa. A mulher observa os livros com atenção, folheia alguns e manifesta verdadeiro interesse pelos livros, enquanto o homem faz um ar medonho de enfado e boceja perante tanto livro.
- Querida, às vezes custa-me perceber o seu interesse pelos livros e sou obrigado, muitas vezes, a pensar…
- E deve continuar a pensar – interrompeu a mulher, trocista – verá que não é difícil, depois de se habituar.


Um comentário:

disse...

Lindo! hehehehehe