quinta-feira, dezembro 5

Providência Cautelar contra Livrarias Bertrand e Lojas FNAC


Na sequência da queixa enviada ao IGAC (Inspecção-Geral das Actividades Culturais), no passado dia 20 de Novembro, efectuada pelos livreiros independentes, sobre as campanhas de Natal praticadas pela cadeias de livrarias Bertrand e lojas FNAC, denunciando a violação da lei do preço fixo, As Livrarias Independentes confirmam a entrada no Tribunal Cível de Lisboa de uma Providência Cautelar com intuito de parar as referidas e ilegais campanhas de Natal.

Nenhum comentário: